domingo, 31 de outubro de 2010

Pastor é preso fazendo sexo oral com adolescente



São Paulo - O pastor Carlos Roberto Batista, de 28 anos, que disse à polícia ser missionário da Igreja Pentecostal "Brasil Para Cristo", foi preso, às 15h30 de ontem, acusado de atentado violento ao pudor na zona leste da capital paulista. Policiais militares da 3ª Companhia do 39º Batalhão faziam patrulhamento pelas ruas da região da Cohab José Bonifácio, em Itaquera, a menos de 400 metros da delegacia do bairro, quando viram um Fiat Siena verde parado, com apenas uma pessoa dentro, na esquina da Rua Martino Rota com a Rua Daniel Berger.

Ao se aproximarem do veículo, verificaram que um garoto, um adolescente de 14 anos, que estava agachado no colo de Carlos Roberto, se levantou. Ao ser indagado pelos policiais sobre o que estava ocorrendo, o adolescente disse que estava fazendo sexo oral em Carlos, pois este o havia abordado e, intimando-o com uma faca, o obrigou a entrar no carro e praticar os atos libidinosos. O pastor negou tal versão, mas além da faca ter sido encontrada no carro, havia esperma na roupa do garoto.

Em depoimento no 103º Distrito Policial, onde o suposto pastor foi indiciado por atentado violento ao pudor, Alessandra, tia do adolescente, disse que o sobrinho seguia para a casa da avó quando foi parado pelo pedófilo. O veículo, no qual o acusado e a vítima estavam, pertence a outro pastor, de prenome Renato, segundo a Polícia Civil. Carlos Roberto foi autuado e transferido para outra delegacia, onde aguardará vaga para ser encaminhado a algum Centro de Detenção Provisória.

04/07/2007

Fonte:http://noticias.uol.com.br/ultnot/agencia/2007/07/04/ult4469u6517.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário